jesus christ # day one - start to forget


Hoje definitivamente em três semanas, foi o melhor dia que tive. Passei o dia enfiada em casa, mas não vi grande problema nisso. Com algumas mensagens inoportunas perdi a boa disposição, porque há sempre alguém, que insiste em fazer-me perder a calma e o raciocínio lógico. Seguindo em frente, tive o momento mais perfeito com o meu gato! Sim, o meu pequenino gato branco. Estava deitado sobre o meu tronco, com as patas esticadas em direcção do meu pescoço, com a cabeça apoiada no meu peito. Sentia o seu coraçãozinho minúsculo a bater contra o meu. Os seus batimentos acelerados recordaram-me momentos em que eu, pura e simplesmente havia perdido a calma. Onde era dominada pelo ódio, pela raiva, até mesmo pela vontade de trucidar o que me aparece-se á frente. Mas olhar para o seu focinho sereno, com aqueles olhos verdes, penetrantes, fez-me ver o quanto as coisas mais pequenas da vida, criavam os maiores e melhores sentimentos em mim. E como se não basta-se, foi hoje também, que ao jantar tive o melhor momento que poderia ter tido com os meus pais. Gargalhadas, ecoavam pela cozinha, as lágrimas corriam já as nossas faces, de tanto riso. Perguntava-me eu: Alegria por onde andas? Agora sei, que ela acabou de chegar :)

5 comentários:

  1. eu adoro gatinhos, são tão amorosos.
    um bom momento de família é muito, muito reconfortante.
    já merecias essa alegria joaninha :D

    ResponderEliminar
  2. Obrigada eu querida. E espero que toda essa alegria não te abandone nunca mais(:

    ResponderEliminar
  3. vais ver que não, podem chegar momentos menos bons mas ela estará aí ao pé de ti!

    ResponderEliminar
  4. digooo21:58

    ai bebe gostei imenso @

    ResponderEliminar
  5. este texto está mesmo fofinho *.*
    e o blog muito bonito. Passo a seguir! :D
    beijinho*

    ResponderEliminar