remind



(...) Mesmo na incerteza eu ainda era algo que desejavas, algo que te fazia estremecer, mesmo sem estar ao pé de ti. Esconder não era solução, sabias disso. As tuas respostas rudes não me demoviam, e quando quase avancei, voltas-te a fazer-me recuar. Como se o medo te invadi-se. Arrependimentos são agora mais que muitos, e o "amo-te" escrito em stick's enquanto te ouvia, estão ali, colados no tampo da gaveta de cima, apenas para não cair na tentação de os ler. Estou farta de estar confinada a este amor, que não posso voltar a viver. Não passa de uma bela memória, que me trás picos de felicidade e tristeza. Quero poder avançar, quero poder seguir, mas estás entranhado no meu coração, na minha alma. É como se tivesse ingerido uma boa dose de veneno. Percorres cada milímetro do meu corpo, misturas-te com o meu sangue, começas a estagná-lo, impedido-o de circular, matas-me lentamente. Qual é a cura? Diz-me! Quero sentir-te, quero amar-te como em tempos te amei, quero ser a diferença na tua vida, aquela que tu mesmo dizes que te marcou. Quero ser a tua tatuagem, com cores vivas, que sempre te lembrará aquilo que fomos, somos e seremos um dia. (...)

7 comentários:

  1. Texto bonito :)

    E sim tens razao ^.^

    Ainda tens coisas boas que te fazem muito feliz, pensa tambem na coisas boas e nao tanto nas mas.

    Um dia, o dia certo chega decerteza.

    ResponderEliminar
  2. muito bonito!
    que sinceridade que transmitiste :)
    presumo que seja para aquela pessoa; força, muito força, sozinha nunca estás!

    ResponderEliminar
  3. grande amoor... tudo se resolverá :)
    adoreiii

    ResponderEliminar
  4. hmm... então... esse sentimento será ultrapassado e um dia irás relembrar tudo, hopefully, com um sorriso na cara ou com uma solitária lágrima no canto do olho!

    ResponderEliminar
  5. Já somos duas.. era só quem lhes fizesse o mesmo.
    Fiquei rendida ás tuas palavras. Escreves super bem e com certeza, como já pudeste observar, estou a seguir *

    ResponderEliminar
  6. Não é bem assim, exprimiste super bem. Ah e tens razão, mereciam bem mais que isso! Enfim --'

    ResponderEliminar