# day two - Lost, somewhere

Paz, tranquilidade. São o que mais preciso. Um acerto de contas comigo própria. É uma decadência não saber o que quero. Os meus 4 ventos estão trocados. Sinto-me como que se enormes rajadas de vento tivessem levado a ultima réstia da minha noção sobre mim mesma. OK. Foco. Concentração. É difícil. Não sei bem porquê, apetece-me dizer coisas sem a mínima lógica. Tipo: "pão com queijo". Não tenho mais controlo sobre a minha mente, é de loucos. Dou por mim a pensar em quem não quero, no que não quero, e no que não devo. Noutro instante, já estou bem longe. Vagueando por vales e cumes brancos. A pureza da imaginação. Fuck. Lá está. as coisas sem lógica vão sendo escritas e nem me dou conta. Mas como posso ter noção do que escrevo, se não tenho mais noção do que sou?

3 comentários:

  1. Anónimo11:43

    apenas tento ajudar-te :)
    gostei do texto!

    ResponderEliminar
  2. Anónimo20:54

    não tens de quê <3

    ResponderEliminar