não há titulo que expresse o quanto te adoro

« Recordo com nostalgia o primeiro dia em que falámos. Primas pela diferença. Não só pelo teu discurso que desde logo que me cativou, mas pelo que sentia quando falava contigo. Se me perguntarem 'Valeu a pena esperar?' irei responder com convicção 'Cada segundo!'. Em tão pouco tempo já presencia-mos tantas coisas juntos, já ultrapassá-mos tantos obstáculos, já quase te vi desertar da minha vida mas ainda assim continuas nela. O que posso dizer...não conseguiria deixar-te partir, não sem sentir que estarias a levar um pouco de mim contigo, sem sentir um vazio. Eu já errei, tu já erras-te mas não consigo demover o o que sinto por ti. Mesmo sem te ter, sinto que ninguém me deu tanto de si como tu deste. Sei que por vezes me excedo, mas apenas procuro uma maneira de ser o que tu procuras para ti. Vejo-me agora defronte com o medo de não me encaixar nos teus requisitos...mas enfim...já faz parte. O melhor de tudo será descobri-lo em cada beijo, em cada toque, em cada troca sorrisos. Estou agora num ponto sem retorno. Ponto em que já não consigo recusar nenhum dos teus pedidos, nenhum dos teus carinhos. Ponto esse em que já não consigo abdicar da felicidade que me proporcionas.»

3 comentários:

  1. Esse blog é um gracinha, amei ! Esse post está lindo tbm :)
    Bjs
    http://maviealeatoire.blogspot.com/

    ResponderEliminar